Author: admin

Os presentamos los resultados del cambio de color de ojos mediante el tratamiento NewEyes Láser de Eyecos.

Uno de nuestros clientes nos envía dos fotografías de sus ojos pasados 15 meses y nos explica (publicamos textual traducido):

“Hoy fui al oftalmólogo para un examen completo, que incluye imágenes digitales optos y prueba de densidad de pigmento macular. Esto es ahora, 15 meses después del procedimiento. Me complace informar que mis ojos no tienen nada de irregular, más que necesito gafas para leer, pero las necesitaba incluso antes del procedimiento en www.neweyeslaser.com. Tomé una foto con solo 2 minutos de diferencia hoy mirando al cielo desde la sombra y son azulados, y mirando directamente al sol son verdes.”

Gracias por compartir tu experiencia con nosotros.

Dr. Grimaldos.

testimonio-neweyes-laser-2 testimonio-neweyes-laser

 

Desta vez, apresentamos o protocolo operacional do novo laser para a mudança da cor dos olhos em sua versão 4g, que em uma semana obtém os resultados.

SOMENTE UMA SEMANA DE TRATAMENTO!

 

Para os graus 1, 2 e 3, este é o protocolo:

Segunda-feira: 1/2 do 1º olho

Terça: 1/2 do 2º olho

Quarta: 2/2 do 1º olho

Quinta-feira: 2/2 do 2º olho

 

neweyes-grade-3

quick laser 4g

quick laser 4g neweyeslaser

 

As principais vantagens:

É um tratamento sem laser indolor, sem repigmentação, e não afeta a pressão ocular e seu efeito é permanente.

 

* Para os graus escuros 3 serão feitos em 2 estágios laser.

 

Resultados de NewEyes em um paciente com Nevus de Iris

Os nevus da íris são tumores compostos de melanócitos do estroma sem apresentarem características morfológicas de malignidade. Ele está localizado nas camadas superficiais da íris e seu tamanho normalmente não excede 4 mm.

Geralmente não afeta a borda pupilar ou a malha trabecular, portanto, geralmente não produz alterações na forma da pupila ou glaucoma.

Você pode descobrir mais sobre esses tumores em http://oftalmologia-avanzada.blogspot.com.es/2013/01/nevus-de-iris-diagnostico-diferencial.html

FullSizeRender-1

A solução NewEyes caneta um paciente com Nevus de Iris

Apresentamos as imagens da aplicação do tratamento NewEyes Laser em um paciente portador de Nevis de Iris. Os resultados são muito claros e visíveis, resolvendo o problema já que está nas camadas mais superficiais.

FullSizeRender

 

 

 

We show you the results of the laser treatment for the change of color of eyes of 3rd generation for a patient with degree of pigmentation 4.

This is your real eye color

IMG-20170222-WA0003

 

These images are the result after the NewEyes Laser treatment.

 

IMG-20170221-WA0008 IMG-20170221-WA0006

 

 

Video of the treatment results NewEyes 3G laser.

And to finish we show you this video of the actual results of the treatment NewEyes Laser 3g of this patient with degree of pigmentation 4.

Desta vez vamos mostrar alguns resultados de neweyes 2G Laser Plus, a única a laser capaz de mudar a cor dos olhos naturalmente e com segurança.

Eles fizeram os primeiros casos de repigmentação para alguns pacientes afetados pelo escurecimento dos olhos.
O laser para mudar a cor dos olhos NewEyesLaser 2G Além disso resolve este problema, e os olhos não escurecer após a realização do tratamento.
Estas imagens são a partir das primeira e segunda sessões para resolver repigmentação.

repigmentation-1repigmentation-2

O olho após a primeira sessão irá mostrar através do novo laser Pretérito Perfeito para a mudança a cor dos olhos neweyes 2G Laser Plus. Neste caso, podemos ver como o aparecimento de luz azul é alcançado.

laser2g

Desta vez apresentamos uma testemunha  muito especial. Trata-se do primeiro paciente ao que foi aplicado o tratamento de NewEyes Laser.

A clínica, depois de mais de 7 anos de investigação e innovação  para poder resolver a heterocromia criou o único laser do mundo capaz de mudar a cor dos olhos, podendo assim solucionar a heterocromia.

 

 

fisrt-testimonial

 

Você pode baixar este artigo em pdf

Download PDF

 

Actualmente,  realiza-se também como tratamento estético e é a única solução segura, não agressiva e provada para mudar a cor dos olhos mediante  laser.

 

A Clínica Eyecos apresenta as imagems do seu primeiro paciente, depois de  mais de 3 anos,  desde que NewEyes Laser fosse realizado. O Doutor Grimaldos explica a experiência com este primeiro paciente e os resultados obtidos.

 

 

 Quem foi o primeiro paciente de NewEyes Laser?

 

O primeiro paciente tratado no ano 2012 com o laser NewEyes tinha mais de 50 anos de idade, engenheiro informático de profissão e a súa motivação para mudar de cor de olhos era o fato de ser o único da familia com olhos castanhos.  O resto dos seus parentes tinham olhos azuis celeste e isto tinha repercutido num complexo durante toda a vida.

 

Grado de pigmentação

 

O primeiro caso de NewEyes Laser tinha os olhos de cor castanho/mel com a parte periférica verde. O grado de pigmentaçao era o 2 com uma camada de melanina estreita. O paciente estava são a nível geral e ocular, e não apresentava nenhum antecedente familiar de glaucoma.

 

Procedimento para realizar NewEyes Laser

 

Antes da realização do tratamento, o paciente foi informado dos riscos potenciais mediante o consentimento informado. Depois revisou-se a sua saúde ocular com provas de refração automatizada, fotografias do segmento anterior, medição da pressão  intra-ocular, gonioscopia do ângulo, estudo do endotélio cornial com microscopia endotelial, e tomografia de coerência ótica (OCT) para estudar o perfil anatômico do iris e as caraterísticas das tres camadas tissulares: epitelio anterior, estoma e epitelio posterior. Todas as provas foram satisfatórias, e, por tanto, o paciente foi aceitado como candidato para laser NewEyes.

 

4 provas alternativas foram realizadas, duas na periferia e duas centrais em ambos olhos. A mudança da cor foi notável ás poucas horas. Depois das aplicaçoEs o paciente referiu visão borrenta por 4 horas, leves incômodos, mas a recuperação foi rápida e total. O nível de inflamação foi reduzido e a pressão intraocular manteve-se sempre nos limites normais.

Mais adiante o paciente levou a cabo um tratamento a base de gotas durante 5 dias e depois só com lágrimas artificiais. Vendo o bom resultado estético, o paciente optou por deixar um anelo de pigmento original ao redor da pupila, cor mel, dando-lhe um aspecto natural ao olho.

 

Corregir  a miopia depois de realizar NewEyes

 

Dado que a recuperação foi tao rápida e carente de incômodos, o grado de satisfação do paciente foi muito elevado. Por tanto, decidiu tentar conseguir o segundo sonho na sua vida: não precisar todo o dia de óculos progressivos para poder ver bem.

 

A sua refração apresentava 4 dioptrias de miopia de longe e 2 dioptrias e meia de vista cansada. A técnica indicada foi um Presbilaser com laser excimer. Assim, depois de esperar os 6 meses de cicatrização do processo NewEyes, todas as provas preoperatórias de cirurgia refractiva Presbilaser foram feitas.: refraçao automatizada, paquimetria, topogafia, aberrometria, olho seco, entre outros testes. A exploração, refractiva resultou correta,por tanto continuou-se com a realização de um Presbilaser nos dois olhos.

 

O Presbilaser cursou sem complicaçoEs e a os poucos días o paciente podia ver de longe 100% (ver televisão, cinema, conduzir) e ver de perto (ler, computador) sem nenhuma necessidade de levar os antigos óculos progressivos.

 

O estado de saúde ocular depois de tres anos e meio das intervençoEs, NewEyes e Presbilaser, é excelente, com uma visão do 100%, cifras de pressão intraocular de 10mmHg, córnea intata, e um resultado cosmético de cor de iris azul celeste, igual que todos os seus familiares, sem resíduos de pigmento.

 

A importancia da pressão intraocular e o desaguamento do olho

 

Para poder realizar NewEyes devemos descartar os pacientes com risco potencial de glaucoma, a nivel pessoal e familiar. Com anterioridade, a pressao intraocular deve ser revisada, averiguar se existem parentes com glaucoma diagnosticado, e em caso de dúvidas razonáveis, é preciso fazer o teste genético do gene do glaucoma.

 

Se a pressão é normal, nao há familiar com glaucoma e o teste é negativo, o paciente pode realizar o tratamento NewEyes com um risco mínimo de glaucoma.

 

Para compreender melhor estes aspectos, a situação é similar aos pacientes diabéticos que não assimilam os nivéis elevados de glucosa por carecer de insulina.

 

Se um diabético com grandes quantidades de hidratos de carbono sofresse uma repentina elevação dos nivéis de glicemia, que le repercutiria em graves consecuências. Da mesma maneira, um paciente com risco de glaucoma não é capaz de assimilar um incremento agudo da pressão ocular. O resto da gente sim que pode fazê-lo sem problema, porque dispoEm das vias de desaguamento completamente abertas.

 

É por isto que o laser Newyes está contraindicado em pacientes com o gene do glaucoma. É fundamental prevenir para nao ter que curar.

 

Como é tratado o olho para o tema da pressão, o desaguamento e os bons resultados conseguidos depois de ter visto o paciente 3 anos depois.

 

A fenomenal evolução do primer paciente NewEyes no ano 2012 demonstrou que a técnica original já era perfeita desde os seus inicios. Os resultados cosmeticos e de seguridade têm-se relacionado com o nível de pigmentação e nao com a técnica.

Os graus 1,2,3 presentaram resultados excelentes e carentes de complicaçoEs. No entanto,  os olhos de grau 4, os mais escuros, foram rejeitados, porque as cores conseguidas nao sao totalmente satisfatórias e o risco era superior.

 

Nestes mais de 3 anos têm-se demonstrado uma ausencia quase completa de complicaçoEs a longo prazo, como por exemplo fotofobia, sensibilidade à luz, problemas de retina, de cataratas, ou inflamaçoEs crónicas. Únicamente o gene do glaucoma tem que ser descartado para garantías máximas. Foi estabelecido um protocolo de tratamento para controlar a pressão e a inflamação desde o início do postoperatório, que evitou a aparição de problemas innecessarios.

 

Ainda com todas as precauçoEs tomadas, tratou-se varios pacientes com o gene do glaucoma, feito que desconheciam anteriormente e, depois da elevação da pressão intraocular, foram tratados sem problema com tratamento tópico, sem seqüelas.

 

Atualemente, depois de mais de 3 anos de evolução, não há nenhum paciente NewEyes com a pressão ocular elevada, nem que leve tratamento hipotensor. A complicação do glaucoma crónico resultou a final em nada.

 

Segundo a FDA de USA, é preciso 4 anos para aceitar uma nova técnica como segura, se se demonstra a sua efetividade, predictibilidade e baixos nivéis de complicaçoEs tratáveis.

 

Neweyes cumprirá cedo esta data, a finais do 2015, com resultados cosméticos excelentes e ausência de complicaçoEs que precisem ser mencioadas, pelo que poderia ser validada por a FDA.

 

Você pode baixar este artigo em pdf

Download PDF

 

 

1 experiência do paciente

 

Download article with pdf

 

Desta vez apresentamos uma testemunha  muito especial. Trata-se do primeiro paciente ao que foi aplicado o tratamento de NewEyes Laser para resolver a heterocromia.

A clínica, depois de mais de 7 anos de investigação e innovação  para poder resolver a heterocromia criou o único laser do mundo capaz de mudar a cor dos olhos, podendo assim solucionar a heterocromia.

 

1

 

Atualmente,  realiza-se também como tratamento estético e é a única solução segura, não agressiva e provada para mudar a cor dos olhos mediante  laser.

 

 O que é heterocromia?

Heterocromia (ou heterocromia ocular) é uma anomalia genética na qual o indivíduo possui um olho de cada cor. Quando ocorre em gatos domésticos, estes recebem a denominação de gato de olho ímpar. Isso se deve a uma alteração no gene EYCL3 no cromossomo 15, que indica a quantidade de melanina que o olho apresentará – muita melanina gera a cor marrom, pouca a azul. Já o gene EYCL1, que indica a quantidade de pigmentos de gordura, é responsável pela nuance de tom, azul ou verde.

Apesar de haver o componente genético envolvido, outros fatores podem concorrer para a heterocromia, como a síndrome de Waardenburg, que gera surdez e provoca essa alteração, (nem sempre a síndrome acompanha os dois sintomas). O mais comum é que ocorra através de lesões ou derrames que causem a modificação da quantidade de melanina na retina. tiene demasiada o muy poca melanina en el cuerpo, este es un compuesto que crea pigmento y se encuentra en animales y plantas.

 

O primeiro paciente para resolver o heterocromia

O primeiro paciente a resolver o heterocromia era uma menina de 30 anos com uma grande diferença entre um pigmento olho e do outro. Era um paciente com um olho azul, e outro com um excesso de melanina ficando uma cor verde escura com tons de marrom.

 

2

 

Uma pessoa adaptada a sua perturbação, Mas ela queria resolver a diferença de cor entre um olho i outro, para melhorar a sua imagem.

Ela conheceu a Clínica Eyecos e depois de vários testes decidiu realizar o tratamento NewEyes após a realização de todos os testes.

 

Download article with pdf